home

blogue

facebook

twitter

top sites

mapa do site

privacidade

webmaster

publicidade

 

 

 


 

XARROCO - CHARROCO - ENCHARROCO

Lusitanian toadfish

Halobatrachus didactylus

 

Família: Batrachoididae

 

 

 

Um peixe impressionante o xarroco e um predador temível. Com "cara de poucos amigos", vive entre os 10 e os 50 metros de profundidade, passando grande parte do tempo semi-enterrado no fundo, na areia ou lama, ou debaixo de pedras,  à espera que as presas passem ao seu alcance para num ápice as engolir com a sua bocarra enorme, com dentes fortes, o maxilar inferior é proeminente, com  expansões cutâneas, o que lhe permite engolir presas muito grandes.

 

Tem hábitos solitários, é sedentário e alimenta-se basicamente de peixes, crustáceos e moluscos, embora não enjeite os vermes.

 

Com uma cabeça maciça e completamente desproporcionada em relação ao corpo, os olhos colocados lateralmente e chegados ao topo da cabeça, a sua cor pode variar entre o castanho avermelhado e o verde, muitas vezes às manchas - tem o corpo coberto por uma substância viscosa, que é tóxica, e o seu aspecto faz lembrar um tamboril, ainda que nada tenha a ver com este.

 

Contrariamente ao que se pensa, a presença do xarroco indica água de boa qualidade, pois não tem grande resistência a águas poluídas.

 

É normalmente pescado de forma acidental, quando o pescador está direccionado para outras espécies, pois vive na mesma área, e quase nunca traz satisfação a quem o captura, É bastante comum nos estuários dos Rios Sado e Tejo e os poucos pescadores que o aproveitam fazem-no normalmente em caldeiradas ou sopa de peixe.

Tamanho máximo registado:  55 cm

 

 

Bruno A. (foto Katembe)

 

 


Última actualização / Last updated:   

 

      ALEXA PAGE RANK    Page Ranking Tool     

Visualização 1024 x 768 | © Copyright 2003 - 2015 | Todos os direitos reservados | Propriedade ® KATEMBE | Página alojada por LusoAlojaWebmaster