home

fórum

blogue

facebook

twitter

top sites

mapa do site

privacidade

webmaster

publicidade

 

 

 

 

O ENJÔO MARÍTIMO

 

  Artigo publicado na Revista "MUNDO DA PESCA" - edição de Maio de 2010 

 

Andar de barco, em passeio/recreio, em viagem ou para a pesca é um prazer... apenas para quem não enjoa. Conhecido também pela doença do movimento ou náusea do mar, este fenómeno atinge os navegantes, por vezes mesmo os mais experientes e é conhecido desde tempos remotos. O enjôo é o distúrbio orgânico mais comum entre quem anda no mar. Nove em cada dez das pessoas que já foram ao mar experimentaram as suas consequências. A sensibilidade ao enjôo é maior nas criança e vai declinando com a idade A ciência tem progredido mas não encontrou ainda uma fórmula completamente eficaz contra este mal, um verdadeiro e horrível pesadelo para quem dele padece. E o orgão responsável por este mau estar é o ouvido e as informações que fornece ao cérebro.

 

 

É formado por três partes:

  O ouvido externo
O ouvido médio
 O ouvido interno

 

 

 

As duas primeiras partes - o ouvido externo e o médio - são as encarregadas de apanhar as ondas sonoras para levá-las até o ouvido interno e aí estimular os receptores de origem do nervo auditivo.

O ouvido externo abrange duas partes: o pavilhão e o conduto auditivo externo. O ouvido médio é constituído por um conjunto de cavidades cheias de ar, nas quais se observam três partes importantes: a caixa do tímpano constituída por três ossinhos - o martelo, a bigorna e o estribo -  a trompa de Eustáquio muito relacionada com as vias aéreas superiores (rinofaringe) e as cavidades mastóideas.

O ouvido interno também é complexo e abrange o labirinto ósseo e membranoso. Do membranoso nascem as vias nervosas acústicas e vestibulares. As cavidades do labirinto estão cheias de líquido endótico (endolinfa e perilinfa), que movimentando as diferentes membranas, excitam as células ciliadas internas e externas.

 

 

 

 

 

 

FORMAS DE PREVENIR O ENJÔO

 

PREVINA-SE DE VÉSPERA

Tente dormir uma noite descansada, com as horas de sono de que o seu organismo necessita;

Não beba alcool  - evite gorduras, cafeína e os excessos alimentares;

 

Nunca embarque de estômago vazio.

 

O enjôo deve ser  prevenido antes do aparecimento dos primeiros sintomas, pois quando aparecem já pouco se pode fazer. Estes, porém, podem ser atenuados, através da aplicação de alguns dos seguintes "truques":

 

Evite manter-se no interior do barco, em cabines ou outras - coloque-se no deck em local arejado;

Não deixe  que a cabeça acompanhe o movimento do barco - tente mantê-la fixa olhando o horizonte ou outro ponto de referência que esteja fixo (um objecto na costa, outro barco ao longe, etc) 

Coloque-se preferencialmente na popa do barco e longe do fumo e cheiro do combustível;

Coma bolachas de água e sal e beba água;

Ou coma duas colheres de mel;

Passe água fria ou gelo na nuca;

Pressione o umbigo com o dedo polegar durante 15 a 20 segundos - repita a cada 5 minutos;

Respire fundo e lentamente;

Mastigue pastilha elástica ou pastilhas de mentol.

 

 

 

 

 

MEDICAÇÃO CONTRA O ENJÔO

 

 

 

 

Meia hora a uma hora antes de entrar no barco tome um comprimido para o enjôo em viagem, que pode encontrar em qualquer farmácia e é vendido sem receita médica (vomidrine, dramamine, marezine, bonine, benedryl). Estas são algumas das marcas de comprimidos à venda em Portugal - pertencem quase todas à categoria dos anti-histamínicos e têm, normalmente, efeitos colaterais como a sonolência, boca seca e, em alguns casos, alterações da visão. Estas drogas são bastante eficazes e os seus efeitos variam, naturalmente, de indivíduo para indivíduo e duram de 6 a 8 horas.

 Cerca de uma hora depois do início da viagem tome um 2º comprimido, mas tendo sempre atenção às indicações contidas no folheto informativo que acompanha a embalagem do medicamento.

 Existe ainda outro tipo de medicamentos (anticolinérgicos) como a escopolamina, vendida em pastilhas que são aplicadas atrás de uma das orelhas através de um adesivo, sendo a droga absorvida pela pele e cujo efeito dura cerca de três dias. A pastilha deve ser colocada até 3 horas antes do embarque.

 A escopolamina também pode ser adquirida em gel ou pomada, que se aplica no pulso ou no tornozelo com um penso rápido e tem um efeito até 12 horas. É um método de eficácia muito satisfatória. Este medicamento apenas pode ser prescrito por um médico.

 

 

 

ATENÇÃOATENÇÃO

NÃO SE ESQUEÇA QUE TODOS OS MEDICAMENTES TÊM EFEITOS

COLATERAIS  INDESEJÁVEIS E CONTRA - INDICAÇÕES.

CONSULTE O SEU MÉDICO ANTES DE TOMAR QUALQUER MEDICAÇÃO

Este texto desta página têm carácter meramente informativo. O site KATEMBE não é responsável por quaisquer consequências ou eventuais efeitos adversos dos medicamentos ou medidas de prevenção ou combate ao enjôo aqui descritas.


   

   ADESIVOS ANTI-ENJÔO

 

São comprados nas farmácias e usados para combater o enjôo de terra, mar e ar. Parecem funcionar bastante bem com algumas pessoas e não ter qualquer efeito noutras.

 

ACUPUNCTURA

 

Este método, usado há milhares de anos pelos chineses, é hoje considerado o melhor e mais inócuo para a prevenção do enjôo marítimo. As agulhas são espetadas no ponto P6 (Nei Kuan), situado a cerca de 4 cm do pulso , entre os tendões da mão. É um método de eficácia sobejamente comprovada.

 

PULSEIRAS (SEA BANDS)

 

 

São também comercializadas pulseiras em material elástico (Sea Bands) com uma peça plástica que pressiona o ponto P6, ou uma variante a pilhas que utiliza descargas eléctricas que estimulam o mesmo ponto.

Estas pulseiras encontram-se à venda em Portugal na Empresa PLASTIMO (AV. 24 de Julho - Lisboa) 34 e na Decathlon.

 

 

 

 

 

 

RECEITAS TRADICIONAIS / POPULARES

 

PRODUTOS NATURAIS

 

Chá de gengibre, adoçado com mel e bebido uma hora antes do embarque.

Roer/mordiscar uma raiz de gengibre.

Também podem ser encontradas à venda nas ervanárias cápsulas de gengibre e mel, ou apenas de extracto de gengibre, vulgarmente utilizadas para problemas de digestão.

Quem já utilizou estes métodos garante serem absolutamente eficazes e não terem quaisquer efeitos secundários.

O refrigerante Ginger Ale parece produzir o mesmo efeito. Beber uma garrafa antes do embarque e outra na 1ª hora a bordo.

Mel - comer duas ou três colheres de mel antes de embarcar.

   

OUTROS

 

Beber uma coca-cola antes de embarcar e outra uma hora depois do início da viagem;

Juntar uma colher de sopa de uma bitter drink (Campari, por exemplo) a meio copo de água e beber antes de embarcar;

Pôr um adesivo a apertar o umbigo;

Tapar um dos olhos - a explicação  é que antigamente os piratas usavam este truque, não por falta de um dos olhos mas sim para evitarem o enjôo;

Comer uma lasca de bacalhau salgado crú (não demolhado) assim que entrar no barco.

 

Por LM

 

 

UMA DICA PRATICAMENTE INFALÍVEL QUE NOS ENVIOU O VASCO JACINTO AMIGO E PESCADOR VISITANTE DO NOSSO KATEMBE, A QUEM AGRADECEMOS
 

É só para dizer  que para o pessoal que se dá mal de barco  eu tenho o remédio santo que não faz mal !!!!!!!  TAMPÕES nos ouvidos - há uns em silicone outros em esponja ...ouvidos bem tapadinhos ...e depois a coca-cola bem fresca !!!   Eu tenho dado isto a uns colegas meus e eu próprio o faço ! Uso também umas cápsulas da marca (stugeron-forte ), que não necessitam de receita médica. Estas 2 coisas bastam para ser um dia feliz em todas as pessoas !!!!  ( TAMPÕES NOS OUVIDOS E COCA-COLA BEM FRESCA ) e o comer várias vezes também  é bom - tem de ser algo de que se goste muito... BOAS PESCARIAS..   VASCO JACINTO

 

25082011 120x90

 
Vídeos Katembe

FishingFansTop

WORLD-OF-FISHING
cyber-lake.com Top Fishing Sites

Katembe Top Fishing Sites

 


Última actualização / Last updated:   

 

      ALEXA PAGE RANK    Page Ranking Tool     

Visualização 1024 x 768 | © Copyright 2003 - 2014 | Todos os direitos reservados | Propriedade ® KATEMBE | Página alojada por  WebhostptWebmaster