home

blogue

facebook

twitter

publicidade

mapa do site

privacidade

webmaster

 

 

 


 

 

Alabote do Atlântico

Atlantic Halibut

Hippoglossus hippoglossus (Linnaeus, 1758)

Actinopterygii (ray-finned fishes)

Pleuronectiformes (Flatfishes)

Pleuronectidae

 

Espécie não presente na Costa Portuguesa

O Alabote do Atlântico é o maior membro da família da solha. São peixes achatados de crescimento lento,  que vivem em fundos arenosos ou rochosos, a profundidades que atingem os 2.000m. Carnívoro e voraz, vive em águas de temperatura inferior a 8 graus centígrados, alimentando-se de peixes como o bacalhau, arenque, lulas, chocos e outras espécies, tais como a raia, e pequenos tubarões.

O alabote atinge a maturidade sexual reprodutiva aos 9-10 anos de idade, com um comprimento de aprox. 60 a 70 cm. A fêmea desova até 4 milhões de ovos. Os juvenis assumem um comportamento predador muito acentuado, mesmo antes de atingirem os 12 cm de comprimento, atacando camarões e outros peixes e invertebrados.

Podem viver mais de 30 anos, mas os stocks desta espécie atingiram mínimos históricos, pelo que é considerada uma espécie em vias de extinção. O macho raramente ultrapassa os 50 kgs e cresce mais rapidamente que as fêmeas, mas estas atingem tamanhos enormes.

É muito utilizado na alimentação humana, sendo considerado uma iguaria, com uma carne branca e saborosa com um sabor semelhante ao do linguado

Há uma espécie similar, o alabote do Pacífico (Hippoglossus stenolepis)

Tamanho máximo registado: 300 kgs Comprimento: 2m 90cm

 

 

 

 


Última actualização / Last updated:   

 

       Page Ranking Tool   

Visualização 1024 x 768 | © Copyright 2003 - 2017 | Todos os direitos reservados | Propriedade ® KATEMBE | Página alojada por  LusoAlojaWebmaster